O que fazer?
Anterior Próximo
Compartilhar

Ponte Juscelino Kubitschek em Brasília

A Ponte Juscelino Kubitschek em Brasília, também conhecida como Ponte JK, projetada por Alexandre Chan, impressiona pela funcionalidade e pela arquitetura monumental, que transformam a obra em uma execução ímpar da engenharia brasileira. Iniciando pela arquitetura, com três arcos inspirados pelo movimento de uma pedra quicando sobre o espelho-d’água, a obra se integra ao conceito de Brasília, aliando beleza e inovação.

A ponte JK se assenta em um ponto muito privilegiado do Lago Paranoá. Recursos de monitoramento eletrônico serão usados para avaliar a segurança da estrutura da ponte nos próximos dois anos, por meio de 51 sensores acoplados aos 48 cabos de sustentação e três no topo dos arcos da ponte.

Apesar de ser um projeto premiado internacionalmente, em particular como uma das primeiras pontes tensionadas e high-tech do Brasil, alguns críticos consideram que a sua imagem representa uma ruptura no padrão da paisagem modernista da cidade, destacando-se excessivamente na paisagem.

Pouco após o início da construção, teve início denúncias de superfaturamento. Orçada inicialmente em 39 milhões de reais, durante o governo de Cristovam Buarque, a obra acabou custando 160 milhões de reais, na gestão de Joaquim Roriz, devido a inúmeras revisões e ampliações do projeto, dentre elas, o caríssimo modo de construção no qual a ponte foi erguida sobre pilares que depois foram demolidos para que pudesse ser sustentada apenas pelos arcos. Apenas 8 anos após a conclusão da obra, a ponte já apresentava problemas técnicos e falhas. Por esse motivo, o Ministério Público do Distrito Federal por meio das Promotorias de Justiça e Defesa do Patrimônio Público Social (Prodep) entrou com uma ação civil pública ao erário com objetivo de receber o ressarcimento de 210 milhões de reais contra os dirigentes da Novacap e empresas responsáveis pela elaboração do projeto e construção de ponte.[

Ponte Juscelino Kubitschek em Brasília, também conhecida como Ponte JK ou Terceira Ponte, está situada em Brasília, ligando o Lago Sul, Paranoá e São Sebastião à parte central de Brasília, através do Eixo Monumental, atravessando o Lago Paranoá. Inaugurada em 15 de dezembro de 2002, a estrutura da ponte tem um comprimento de travessia total de 1200 metros, largura de 24 metros com duas pistas, cada uma com três faixas de rolamento, duas passarelas nas laterais para uso de ciclistas e pedestres com 1,5 metros de largura e comprimento total dos vãos de 720 metros.

Endereço: Setor de Clubes Esportivos Sul – Lago Sul
Visitação: livre acesso

Como chegar?

Abrir no maps

Anterior Próximo

Curtiu?
Reserve um city tour ou passeio agora!

Data
Adultos
Bebês
Crianças

Sobre

O Viaja Brasil é um impulsionador do Turismo Nacional, atuando para fortalecer todas as regiões do país, promovendo e comercializando os principais destinos turísticos brasileiros através de uma ação deste grande Portal, aproximando vendedores e compradores por meio de uma plataforma de comércio eletrônico.

Contato

Setor Comercial Norte Quadra 05 Bloco A – Sala 417 - Torre Norte Brasília Shopping – Asa Norte, Brasília-DF
[email protected]

Usuário

Login

Faça parte

Integre seu negócio

Área do agente

Acesse
Cadastre-se

Viaja Brasília

Viaja Brasília 2002 - 2020 ®
Todos os direitos reservados
Powered by Viaja Brasil